Sabes aquela voz interior que te diz o que tens exatamente de fazer mas levas tempo e tempo a adiar o que é inevitável? Pois essa voz já há muito me dizia que tinha de começar a fazer entrevistas na Andreia TV, partilhar contigo aquelas pessoas tão especiais para mim e que também fazem a mudança no mundo!


Perdi a vergonha, perdi todas aquelas vozes que me dizem que não sou jornalista nem entrevistadora, para ficar apenas com um voz dentro de mim: aquela que quer e se sente capaz de mudar o mundo através da partilha da luz e da verdade. E só um aparte, é exatamente o que tens de fazer na tua vida, ficar só com aquela vozinha que te diz que és capaz e que se consegues sonhá-lo consegues realizá-lo!


Respira fundo, porque a verdadeira Orquestra da Abundância começa agora:


É com uma imensa honra e privilégio apresentar-te hoje uma das referências do Feminino Sagrado em Portugal, uma Rainha Mulher Deusa que eu amo profundamente e generosamente aceitou participar na 1ª Entrevista Oficial no Canal Andreia TV.


Apresentamos-te um tema super atual no Feminino Sagrado, vivido Aqui e Agora:

 

O que é o Feminino Recetivo?

O que é Ser Mulher Real no Mundo? 

O que é isto de escavar mais fundo quando temos crises?


Mudar de Pele. Mulheres. Serpentes.

Crises de Vida. Significado. Amor. Evolução.

A Descida. O lado Escuro. A Sombra. Nascimento e Morte.


Se és como EU, vais amar esta entrevista: quanto mais te compreendes a ti mais renasces tal como fénix. E quanto mais renasces, mais és capaz de receber nesta Vida, incluindo toda a Abundância de desejas! Nem sempre é fácil, mas todos temos a capacidade de transformar uma crise no maior salto de consciência da nossa Vida. Para viver em Abundância, precisamos resgatar o Feminino.

Precisamos saber descer fundo. Ir resgatar a nossa sombra. Aprender a ficar connosco principalmente mesmo nos tempos de crise. O que se faz no meio da escuridão? O que se faz quando a vulnerabilidade é máxima? Quando a vida nos testa ao limite?

Podemos escolher ficar connosco ou escolher fugir.

Se Fugimos, a crise perseguir-nos-á. Ficará na sombra. À espera de mais uma oportunidade para aparecer, para mostrar que ali há dor. Ali é preciso transformação.

Se escolhemos ficar, a “Serpente” ensinar-nos-á a mudar de pele. A ir ao fundo sem fugir. Abraçar e mergulhar na mudança. Não é fácil, mas é o caminho certo. Atravessar a dor. Não ocultar, não reprimir, aprender a estar.

A Élia traz-nos a sua sabedoria prática de anos de estudo e experiência no campo da psicologia aliada à sua própria história pessoal de mudança de pele no seu tão esperado livro: “O Mito de Ophídia – A Mudança de Pele nas Mulheres”.

Se és apaixonad@ pelos temas do feminino, do sagrado feminino e do que é ser verdadeiramente Mulher neste mundo, este livro é um MUST READ. Delicioso, repleto de histórias e estórias, toca diretamente a nossa alma feminina selvagem.

Delicia-te, bebe desta fonte de sabedoria e sente-te mais inteira.

“Uma Mulher para estar Inteira não pode ter medo das suas próprias profundezas”
Élia Gonçalves


Votos de uma excelente semana nesta energia deliciosa de recetividade e abundância infinita.

Um forte abraço,
Andreia